Como Fazer Gestão de Banca de Apostas Online Grátis


gestao de banca

Se você vem acompanhando a nossa série de artigos que prometem te colocar num caminho competitivo quando o assunto é o mundo das apostas esportivas, já deve ter lido o nosso texto que trouxe algumas dicas de como acertar palpites de futebol, não é mesmo?!

Como bem pontuamos lá:

A famosa "gestão de banca" é um dos fatores mais importantes que o apostador precisa levar em consideração antes de investir o seu dinheiro de maneira desordenada, sem aplicar métodos que minimizem as suas chances de não ser lucrativo a longo prazo.

Mas, afinal de contas, como fazer com qualidade e profissionalismo? É preciso depositar muito dinheiro? É o valor da odd que definirá o tamanho da sua aposta? É preciso investir sempre a mesma proporção em cada palpite?

5 DICAS DE COMO FAZER GESTÃO DE
BANCA NAS APOSTAS BET365
E BETFAIR GRÁTIS


No artigo de hoje, nós responderemos a essas e outras perguntas, traçando um beabá de como fazer gestão de banca nas apostas, sendo você um apostador amador ou um "macaco velho" nesse mercado.

1. COMPREENDA PERFEITAMENTE O QUE É GESTÃO DE BANCA

Uma imensa quantidade de apostadores costuma fazer o seguinte tipo de questionamento: 
"Poxa, se eu entendo de futebol, sou dedicado, estudo profundamente os confrontos antes de fazer o investimento e tento ao máximo diminuir o meu risco, por quê eu não consigo ser lucrativo e sempre acabo perdendo todo o meu dinheiro?"
É matematicamente impossível, a longo prazo, ser um apostador lucrativo sem saber administrar bem o valor que você tem em caixa a fim de não perdê-lo em apostas poucos justificadas.

Para fazer gestão nas apostas, é fundamental ter esse controle sobre os valores a serem investidos, avaliando cada possibilidade de lucro e prejuízo. 

A gestão de banca nada mais é do que uma ferramenta que vai permitir que você controle as suas apostas e os valores investidos em cada operação, melhorando o seu desempenho com o passar do tempo.

Traçando um paralelo com a vida cotidiana:

Por exemplo o cidadão que recebe R$2.000,00 por mês não pode ter gastos que excedam essa quantia, do contrário, acabará se endividando e esse prejuízo poderá virar uma bola de neve. 

É exatamente a mesma coisa no ramo das apostas. 

Se você administra mal o seu dinheiro, fazendo palpites proporcionalmente altos com relação ao montante que você tem em caixa, com certeza você estará caminhando para "quebrar a banca", ou seja, para perder todo o valor inicialmente depositado.

2. NÃO SUBESTIME O FATOR PSICOLÓGICO

Assim como em todas as áreas da nossa vida, o fator psicológico pode afetar o nosso comportamento para boas ou más decisões. 

Por se tratar de um tipo de investimento que mexe com êxtases, frustrações e gera bastante adrenalina, nas apostas esportivas não poderia ser diferente.

Ignorar o fato de que a parte psicológica está completamente atrelada ao seu método de como fazer a gestão de seus investimentos, é dar um tiro no próprio pé. 

Não fazer uma análise completa de onde você vai operar o seu investimento, assim como não ter noção de quanto dinheiro investir em cada palpite, faz com que você jamais seja lucrativo a longo prazo.

E como uma coisa leva a outra, essa montanha russa de emoções da vida do apostar que oscila muito durante as suas operações, afeta demais o seu estado psicológico. 

Embora isso seja completamente normal e compreensível, a imensa maioria dos apostadores acaba se abalando quando veem o seu dinheiro sendo jogado na lata do lixo, justamente pelo fato de não ter sido aplicada uma linha de controle dos seus gastos.

3. LEVE EM CONSIDERAÇÃO A SUA REALIDADE FINANCEIRA

Se você realmente quer aprender como fazer gestão de banca nas apostas, não cometa delírios e coloque na ponta do lápis a sua realidade financeira de acordo com os seus lucros e gastos mensais, fora do universo de investimentos esportivos.

É simplesmente inaceitável que um apostador deposite uma quantia que possa fazer falta no final do mês em operações de um mercado que é tido, por todos os especialistas, como uma plataforma de renda variável.

Se você recebe um salário mensal de R$10.000,00, mas seus gastos não ultrapassam a casa dos R$5.000,00, tudo bem investir R$1.000,00 em apostas esportivas, afinal, em caso de prejuízo, esse valor não fará falta.

Agora se você recebe R$2.000,00 mensais e o seus gastos ficam na casa dos R$1.500,00, é estritamente contraindicado que você faça depósitos maiores do que R$100,00 ou R$200,00... Cada um precisa gerir o seu próprio dinheiro, de acordo com a sua própria realidade financeira. 

Dedicar quantias menores às apostas não é sinônimo de prejuízo, muito pelo contrário. Burrice é arriscar um valor que pode acabar fazendo falta a curto prazo.

4. TRACE OBJETIVOS PLAUSÍVEIS

Outra importante dica na hora de fazer gestão de banca nas apostas, é traçar rumos e objetivos claros, sem alucinações, trazendo sentido para as suas apostas e te colocando no rumo do lugar onde você deseja chegar depois de um período de tempo específico.

Ainda que você opere no mercado de investimentos esportivos de maneira trivial, como se fosse um entretenimento como outro qualquer, é preciso dar valor ao seu próprio dinheiro utilizando meios de reduzir as possibilidades de prejuízo.

Pensando nisso, é mais do que saudável traçar uma meta após realizar um depósito na casa de apostas. 

Se o seu objetivo no mês é dobrar a sua banca, tendo um lucro de 100% com relação ao valor investido, realize operações que façam sentindo dentro deste cenário.

Dividir a banca por unidades, ou seja, pegar o valor total da banca e dividir em partes iguais, pode ser uma excelente maneira de definir algumas estratégias na luta para alcançar essa meta. 

Você também pode aplicar isso automaticamente, de maneira percentual, levando em consideração os 100% que possui em caixa antes de realizar cada aposta.

Lembrando que o fundamental é ter coerência, traçar um método e ser regular com o passar do tempo. 

Não é aconselhável investir dois reais em uma aposta na segunda-feira e vinte reais em uma aposta na terça-feira, por exemplo. 

Aprenda a ser consistente! Devagar e sempre...

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Seja utilizando um método de unidades, porcentagem, stake fixa ou qualquer outra estratégia de gerir a sua banca até o próximo balanço dos seus investimentos, tenha em mente que o apostador que aprende como fazer gestão de banca nas apostas, consegue estruturar o seu estado mental, evolui o seu senso de análise e aumenta as suas possibilidades de retorno.

Um bom operador no mercado de apostas sabe como evitar o deslumbramento quando o momento está repleto de "greens" e também protege a sua banca quando a maré de "reds" resolve aparecer.

O mais importante é se sentir confortável e aprender a controlar a eficácia das apostas -- assim aumentando seus lucros e conseguindo a tanto almejada consistência.


O SEGREDO DOS PROFISSIONAIS REVELADO...





+FERRAMENTAS PARA APOSTADORES









ESTATÍSTICAS DE CANTOS



DIVULGUE PARA UM AMIGO OU GRUPO