Porque o Futebol É Um Esporte de Contato?

apostareal

96bet

cornerprobet


O futebol é indiscutivelmente o esporte mais popular do planeta. 

Nenhuma outra modalidade é capaz de fazer o mundo parar como uma partida de futebol faz. 

As pessoas vivem este jogo como se fosse uma religião. 

Mesmo para um fanático por futebol, é muito difícil explicar por que tantas pessoas são tão apaixonadas por futebol.

No entanto, embora seu status de esporte mais popular do mundo seja inquestionável, há um sério debate sobre se o futebol pode ser classificado como um esporte de contato ou sem contato.

Por que o futebol é um esporte de contato? Sem delongas, podemos dizer que o futebol é sim um esporte de contato. Com vinte jogadores de campo correndo e competindo pela bola, as chances são sempre altas de que ocorra contato físico ou corporal intencional ou não intencional.

No post de hoje, vamos direitinho por que o futebol se encaixa na categoria esporte de contato!

Definição de um esporte de contato


Antes de explicar por que o futebol se enquadra nessa categoria, vamos explicar a definição do que realmente é um esporte de contato.

Esporte de contato é todo aquele em que o contato entre os jogadores não faz parte do modo de jogar propriamente dito, e é inclusive desencorajado em casos de contato pesado, mas é inevitável frente à natureza do jogo. 


Pegue Basquete e Futebol, por exemplo. Nem todas as jogadas preveem contato entre os jogadores, entretanto, é inevitável que ele aconteça uma hora ou outra, seja intencionalmente ou não.

Categorias de contato


Levando-se em conta a natureza do contato envolvido na sua prática, os esportes são classificados em três categorias:

Esporte de contato: o contato não é parte da natureza do jogo, mas deve ocorrer e tem regras para prevenir excessos. (Ex.: Basquete e Futebol).

Esporte sem contato: o contato não faz parte da prática e será punido pelo árbitro caso ocorra (Ex.: Tênis e Vôlei).

Esporte de contato total: o contato é parte essencial do jogo e eliminá-lo removeria parte significativa do esporte (Ex.: Futebol Americano e Rugby).

O futebol é um esporte de contato


Como ficou claro na explicação acima, o futebol é um esporte de contato. Abaixo, explicamos em minúcia por que ele se enquadra nesta categoria.

Posse de bola


O futebol envolve o uso do corpo para proteger a bola. A proteção é uma técnica essencial para manter a bola em espaços apertados. 

A blindagem normalmente ocorre quando um jogador se posiciona entre um adversário e a bola em uma tentativa de criar uma barreira física usando seu corpo. 

O atleta adversário tentará recuperar a bola e, ao fazê-lo, entrará em contato com o jogador que a protege.

Roubo de bola


Assim como o jogador em posse da bola irá usar seu corpo para protegê-la, o adversário irá usar o seu para tentar roubá-la a todo custo. 

Isso inclui a tentativa de roubo através do carrinho, jogada que pode ser considerada legal se for realizada de maneira limpa e vise apenas a bola, mas cujo risco para a integridade do adversário pode ser punido pelo árbitro da partida não só com falta, mas também com cartão amarelo e até vermelho.

Jogo de corpo


A disputa pela bola através do embate físico no ombro a ombro é usualmente considerada legal. A remoção do adversário de sua posição sem risco para sua integridade física e inclusive dando-lhe a oportunidade de impôr a sua própria carga faz parte do futebol. 

Entretanto, o árbitro estará sempre atento ao uso de cotovelos ou contatos ilegais que possam prejudicar a integridade física de um atleta.

O contato é essencial no futebol?


Como mencionamos anteriormente, um esporte de contato total enfatiza o embate físico entre os jogadores e remover esse aspecto prejudicaria seriamente o jogo. 

Por exemplo, seria impossível para um esporte como Futebol Americano ou Rugby ser jogado sem contato. 

No entanto, isso não se aplica necessariamente ao Futebol, que pode ser jogado sem que os jogadores entrem em contato.

Excesso de contato


O futebol permite apenas uma quantidade mínima de contato legal. 

Ao contrário de esportes de contato total, como os já citados Futebol Americano e Rugby; onde o contato físico violento deliberado é uma parte comum do jogo, o Futebol permite apenas uma quantidade relativamente menor de contato.

Simulações


As regras do Jogo, conforme estipuladas pela FIFA, especificam claramente quais tipos de contato são permitidos e quais são puníveis. 

É bastante comum ver um jogador de futebol se jogar no chão ao receber contato para ganhar uma falta a seu favor. Também é papel do árbitro não se deixar levar por esta encenação e deixar o jogo correr.

Regras do contato no Futebol


Contato Justo


Uma disputa justa de ombro a ombro é legal no Futebol. Uma disputa por espaço físico está prevista como parte do jogo e não será considerada faltosa. 

Evidentemente, essa disputa não deve envolver o uso de cotovelos ou braços. Os desafios ombro a ombro geralmente ocorrem quando dois jogadores se empurram fisicamente com o objetivo principal de ganhar a bola.

Proteger a bola do adversário é outra técnica legítima de desafio ombro a ombro. 

No entanto, o jogador não pode usar seus braços ou qualquer outra parte do corpo que não seja para fins de equilíbrio.


Além disso, os atletas não devem empurrar ou segurar o adversário que busca a bola. 

Qualquer tentativa de desequilibrar ou impedir os movimentos do jogador que detém a bola serão considerados faltosos. 

Assim como aquele que detém a posse não pode iniciar um contato buscando enganar o juiz para que este marque uma falta a seu favor. 

Carrinho


Um carrinho pode ser legal ou ilegal dentro das regras do jogo. 

No entanto, as chances da falta ser marcada são sempre maiores. 

De acordo com as regras da FIFA, um desarme pode ser imprudente, descuidado ou perigoso. 

Um carrinho só é considerado justo se o defensor primeiro fez contato com a bola e não com o adversário. 

Isso implica que, para um jogador fazer um carrinho limpo, a bola deve estar dentro da distância de toque.

Faltas


Qualquer jogador que carregar, chutar ou tentar chutar, empurrar, pular, golpear ou tentar golpear um adversário comete uma falta e é punido de acordo. 

Também se estende a um jogador que confronte fisicamente, desarme ou tente derrubar um adversário de forma inadequada. 

Nestes casos, será marcada uma falta favorável ao time contrário ao que cometeu a infração. 

O árbitro usará seu poder de julgamento para determinar o grau das penalidades a serem aplicadas. 

Elas podem incluir a concessão de um tiro livre direto, um cartão amarelo ou ambos. 

Em casos graves, o árbitro pode emitir um cartão vermelho que significa expulsão do jogador, além do tiro livre.

Contato Acidental


Naturalmente, existem algumas situações de contato que não se enquadram como justas ou injustas. 

Eles são puramente acidentais, não resultam na punição de nenhum jogador e incluem:
  • Choque de cabeça involuntário entre jogadores que disputam uma bola aérea;
  • Um jogador correndo em alta velocidade concentrando-se apenas na bola e acaba acertando um adversário.
  • Colisão entre adversários equidistantes que vão ao encontro da bola
  • Choque entre dois jogadores do mesmo time
  • Um jogador cai desajeitadamente no chão depois que as pernas se enroscam.
  • Um jogador acertando a trave
  • Um jogador sendo atingido pela bola quando há pouco tempo para reagir.
Conclusão

O futebol é um esporte de contato que envolve muitos embates físicos que às vezes podem levar a lesões graves. 

Ao longo da última década, a FIFA fez grandes melhorias em relação à forma como o jogo deve ser jogado. 

Ao contrário de alguns anos atrás, quando o ataque duro, o empurrão e o uso de força excessiva eram parte comum do jogo, as regras do futebol de hoje são orientadas para o não contato e adaptadas para aumentar a segurança geral do jogo.



96bet

apostareal

cornerprobet