10 Jogadores de Futebol Famosos com a Camisa Número 2

96bet

96bet

bcgame

apostareal

cornerprobet


O assunto de hoje são dez jogadores de futebol que ficaram famosos com a camisa número 2.

Essa normalmente não é uma camisa muito comum, sendo utilizada muitas vezes pelos laterais-direitos (mas como em quase tudo na vida, existem exceções).

Ainda assim temos também muitos jogadores que se destacaram nessa posição e também vale dizer que o dom de jogar nesta posição não é exatamente comum.

10 Jogadores de Futebol Famosos com a Camisa Número 2


É necessário saber atacar e defender, fazer cruzamentos precisos para os atacantes e ter muita velocidade, além de disposição para estar em vários lugares do campo em um mesmo jogo.

Porém como dissemos não são apenas laterais que se destacaram usando a 2, existindo também atacantes, zagueiros e vários outros que utilizavam este número por simples gosto ou superstição.

Mas que acabaram marcando seus nomes na história de qualquer maneira.

Além disso os números sozinhos são apenas números, e embora possam fazer parte da mística para determinados jogadores, com certeza não é o que determinou o talento ou as habilidades de cada um.

Que acabaram deixando um legado mais por méritos próprios do que por qualquer camisa que tenham vindo a usar, incluindo aí os que vamos citar agora.

1. Carlos Alberto Torres


O capitão do tricampeonato mundial brasileiro ficou marcado como camisa 2 em sua passagem no Fluminense.

Embora tenha usado outras camisas ao longo da carreira (notavelmente, a 5 também foi utilizada em sua época nos Estados Unidos).

Também teve passagens por Botafogo, Santos e Flamengo, além de ser até hoje o único capitão da seleção brasileira a marcar um gol em final de Copa do Mundo (nos 4x1 sobre a Itália, em 1970).

Também teve uma carreira interessante como treinador, e conquistou títulos nesta posição por Flamengo, Botafogo e Fluminense (no Flamengo, não teve nenhum título como jogador).

2. Djalma Santos


Djalma Santos usou muito a camisa 4 em sua carreira, mas em outras oportunidades também usou a 2 em sua longa carreira (o jogador foi se aposentar somente aos 43 anos).

Ele teve passagens marcantes por Portuguesa e Palmeiras, onde é ídolo, além do Athletico-PR, tendo chegado no clube paranaense já ao final da carreira.

Jogou ainda quatro Copas do Mundo, tendo conquistado títulos em 1958 e 1962, além de três campeonatos brasileiros pelo Palmeiras.

Ele sempre ficará marcado como um dos melhores laterais da história do futebol.

3. Cafu


O lateral saído do Jardim Irene que ficou mundialmente famoso (ele é o único jogador a vencer Champions League, Libertadores, Copa do Mundo, Mundial de Clubes e campeonato nacional como titular).

Somente isso já seria suficiente para dizer que é um dos maiores jogadores da história do futebol, mas o capitão do pentacampeonato mundial brasileiro também teve grandes passagens onde quer que tenha jogado.

Atuou por São Paulo, Palmeiras, Zaragoza, Juventude Roma e Milan, sendo que o único time onde não venceu títulos foi justamente o Juventude.

4. Leandro


Um dos grandes ídolos flamenguistas e também grandes laterais da história, Leandro jogou toda a sua carreira pelo rubro-negro (incluindo a base), numa época dourada da equipe.

Juntamente com Zico, Júnior e vários outros que ajudaram o clube carioca a dominar o futebol brasileiro nos anos 80, inclusive conquistando a primeira Copa Libertadores do clube.

Infelizmente terminou sua carreira aos 31 anos, muito afetado por problemas nos joelhos (que o fizeram até mesmo jogar na zaga nos seus últimos anos como jogador).

5. Arce


Provavelmente o melhor lateral direito que o Paraguai já produziu, fez parte de uma época onde a seleção daquele país tinha nomes como Gamarra, Roque Santa Cruz e Chilavert, disputando as copas de 98 e 2002.

Também é lembrado por seus cruzamentos precisos e por ser um grande cobrador de faltas, sendo eleito o melhor lateral das Américas entre 1996 e 2002.

É ídolo em Palmeiras e Grêmio, tendo conquistado a Copa Libertadores pelos dois clubes, além de vários outros campeonatos.

6. Lilian Thuram


Outro lateral talentosíssimo para a nossa lista, Thuram começou sua carreira no Monaco e também teve boas temporadas pelo Parma.

Mas seu nome é mais ligado à Juventus, numa época em que a equipe tinha um dos times mais temidos da Europa.

Apesar disso conquistou apenas dois campeonatos italianos e duas supercopas da Itália, numa época em que o futebol italiano ainda desfrutava de seu auge.

Mas que acabou justamente com os escândalos de arbitragem que derrubaram a equipe de Turim.

Assim se transferiu ao Barcelona, onde teve uma passagem marcada por lesões antes de encerrar a carreira.

7. Gary Neville


Um dos maiores ídolos do Manchester United, Neville foi dono da lateral do clube por duas décadas, além de ter feito toda a sua carreira nos Red Devils.

Era uma época onde o time liderado por Alex Ferguson era praticamente imparável, dominando o futebol inglês.

O próprio Neville conquistou 11 campeonatos ingleses e duas UEFA Champions League, o que nos dá a dimensão de seus feitos ao longo da carreira.

8. Daniel Alves


O polêmico lateral e meio-campo que teve passagens marcantes por Barcelona e Sevilla, além de um período bem tumultuoso no São Paulo e participações nas copas de 2010, 2014 e 2022.

Nos dão uma ideia do talento que possui (apesar de não estar mais jogando em alto nível nesta última edição).

Apesar disso fora dos campos ele tem visto sua situação se complicar, estando preso por estupro e ainda aguardando julgamento, o que pode arranhar sua imagem para sempre.

9. Giuseppe Bergomi


Os brasileiros devem se lembrar de Bergomi pela Tragédia do Sarriá, na qual esteve presente e foi parte ativa.

Porém sua carreira como lateral foi bem mais do que isso, já que atuou por 20 anos na Internazionale, sendo seu único clube por toda a vida.

Curiosamente mesmo sendo um jogador de qualidade e tendo atuado num dos maiores clubes da Itália por tanto tempo.

Venceu apenas um campeonato italiano (em 88/89), mas tem três Copas da Uefa e seu maior título é mesmo o da Copa do Mundo de 1982.

10. Claudio Gentile


Para desespero dos amantes da seleção brasileira de 1982, temos aqui mais um dos algozes daquele time, que apesar do nome não tinha muito de gentil, ao menos quando estava em campo.

Ele é lembrado como um dos laterais mais duros da história, não abrindo mão de nenhuma dividida.

É ídolo da Juventus onde ganhou seis campeonatos italianos e uma Copa da Uefa.

Desse modo finalizamos nossa lista com os 10 jogadores de futebol mais famosos que utilizaram a camisa 2.


96bet

96bet

bcgame

apostareal

cornerprobet