10 Meias Sul-Americanos 2024





Quais são as promessas para melhores meias Sul-Americanos 2024?

Aqueles na lista de novatos ou já experientes que devem explodir de vez e que todo mundo que gosta de futebol deveria estar de olho? 

Nosso continente é fértil na posição, e todo ano algum novo nome é lançado seja na Libertadores da América, na Copa Sul-Americana ou mesmo nos campeonatos nacionais ao redor do continente.

10 Meias Sul-Americanos 2024


Lembre–se que o craque Nicolas de la Cruz, multicampeão pelo River Plate, foi comprado do Liverpool Futbol Club que na época estava na segunda divisão!

E hoje o jogador faz até mesmo parte da Seleção Uruguaia. 

Ou seja, quem é capaz de encontrar os melhores meias sul-americanos antes de todo mundo pode faturar muito, seja no futebol ou no FIFA!

Melhores meias sul-americanos 2024


Bitello (23 anos)


País: Brasil
Clube: Grêmio

Um jogador muito jovem que já carregou muita responsabilidade nas costas.

O meia Bitello foi um dos protagonistas na volta do Grêmio para a Série A e vem sendo o principal aliado de Luisito Suárez no ataque Tricolor.

Um meia habilidoso, que sabe conduzir e passar a bola e também pisar na bola e pensar o jogo para seu time.

Sua habilidade rendeu a atenção de times europeus como o Arsenal.

Que já investem pesado na contratação do meia gremista.

Diego Gomez (21 anos)


Time: Olímpia
País: Paraguai

Com apenas 20 anos, o paraguaio já consolidou-se na titularidade do forte Olímpia e é convocado para a seleção do país.

Um jogador completo para as funções de meio-campo: bom porte físico, habilidoso, ótimo passador de bola, que além de tudo se posiciona bem e demonstra ótima visão de jogo.

Trata-se de um talento que já vem sendo sondado pelos times europeus (entre outros).

O único quesito em que o jogador peca um pouco é em finalizações.

Rikelme (19 anos)


País: Brasil
Clube: Cuiabá

O caso de Rikelme (sim,  assim com “k” mesmo) é interessante.

Meia de formação durante toda sua atuação na base, o meia passou a ser utilizado mais recuado no time principal do Cuiabá.

Chegando ao ponto de tornar-se um dos principais desarmadores do time.

Trata-se do primeiro jogador do clube mato–grossense a ser convocado para a seleção sub-20.

Um talento que ainda deve dar muito o que falar e que só o futuro dirá se deve evoluir jogando para a frente ou com um posicionamento mais defensivo.

Gabriel Villamil (21 anos)


Time: Bolivar
País: Bolívia

Agora, se o que o seu time procura é por um meia daqueles que surgem na boca da área com chutes certeiros que pegam os zagueiros e o goleiro desprevenidos e indo diretos para o ângulo, é em Gabriel Villamil, do Bolivar, que você deve prestar atenção.

Jogador muito jovem que já surpreende como bom marcador quando está sem a bola e pela visão de jogo quando está sem ela.

Isso sem contar os chutes certeiros.

O jogador só é um pouco lento, entretanto.

Luís Guilherme (17 anos)


Time: Palmeiras
País: Brasil

A nova jóia do Palmeiras, surgindo logo depois de Endrick ganhar o noticiário internacional (e o Real Madrid).

Luis Guilherme vem sendo lapidado desde os 11 anos na base do Verdão e esbanja talento nas categorias de base do clube.

Não por acaso, tem contrato até 2025 e multa de 55 milhões de euros para quem quiser tirá-lo do Allianz Parque.

Com certeza esse é um meia sul-americano que vai dar muito o que falar seja no Palmeiras, na Europa ou na Seleção Brasileira.

Bruno Zapelli (21 anos)


Time: Belgrano
País: Argentina

O jovem meia-atacante do Belgrano combina habilidade, precisão no passe e bom chute para infernizar seus rivais no Campeonato Argentino.

Mesmo sendo um jogador com porte grande, o jogador consegue conduzir bem a bola.

Quando está sem ela, entretanto, costuma se colocar mal em campo.

Outra característica marcante é que Zapelli costuma crescer em jogos grandes. 

Brayan Palmezano (22 anos)


Time: Huachipato
País: Venezuela

Um meia baixo para a posição, mas que compensa com precisão nos passes, bons dribles e velocidade.

O jogador costuma atuar pelos extremos, pressionando as laterais dos adversários.

Já pecou mais pela irregularidade.

Mas após um período de adaptação no futebol chileno, vem entrando mais na área e marcando gols.

O futuro dirá o que podemos esperar do venezuelano.

Rodrigo Garro (25 anos)


Time: Talleres
País: Argentina

Meia-atacante habilidoso com bom chute, velocidade e passes precisos.

Garro costuma jogar pelo centro, pisando na área e arrematando com sua canhota certeira.

Em anos anteriores, pode ter sofrido pela própria irregularidade.

Mas a evolução nos anos mais recentes é impressionante.

Trata-se de um jogador que merece atenção especial pela boa temporada que fez em 2023 pelo Talleres. 

Vicente Taborda (21 anos)


Time: Platense (emp. Boca Juniors)
País: Argentina

Jogador pertencente ao Boca Juniors que faz uma ótima temporada emprestado ao Platense.

Um meia ofensivo no estilo argentino (no melhor sentido possível), com visão de jogo, ótimos passes e controle de bola.

Aquele tipo de jogador que sabe pisar a bola e organizar o time quando precisa, mas também fazer marcadores desaparecerem com giros de bola.

Um pouco lento, mas compensa pela habilidade com a bola e pelo posicionamento sem ela.

Quando amadurecer, deve cair como uma luva para o meio-campo Xeneize.

Gonzalo Napoli (23 anos)


Time: Liverpool-URU
País: Uruguai

Um jogador cujo potencial com certeza vem sendo observado por olheiros internacionais, apesar da má fase do seu clube, o Liverpool do Uruguai.

Napoli costuma jogar mais recuado, onde ajuda seus companheiros com forte poder de marcação, mas não abre mão de participar do ataque com seus chutes precisos de fora da área.

Também possui um bom passe, apesar de se perder um pouco quando precisa pensar rápido.



+FERRAMENTAS PARA APOSTADORES






ESTATÍSTICAS DE CANTOS



DIVULGUE PARA UM AMIGO OU GRUPO